Ativo no ataque e apresentando solidez defensiva, Atlético-GO venceu o Londrina e mantém sequência de triunfos na Série B

Foto: Reginaldo Junior/Londrina EC

Atlético-GO e Londrina se enfrentaram nesta quinta-feira (17), às 19h, no Estádio do Café, em partida válida pela 24ª rodada da Série B de 2023. Apresentando uma atuação dominante no setor ofensivo e seguro na defesa, o Dragão foi capaz de vencer pelo magro placar de 2×0, com gols de Gabriel Baralhas e Luiz Fernando. Com a vitória, o Rubro Negro subiu – momentaneamente – para a 8ª colocação, com 37 pontos.

Ex-Atlético-GO é exaltado por Adson Batista através das redes sociais após atuação decisiva na Copa do Brasil: “Atleta diferenciado”

PRIMEIRO TEMPO

Não se abalando pela condição de visitante e logo impondo um ímpeto ofensivo na partida, o Atlético-GO foi quem apresentou um volume maior de jogo durante a primeira etapa, fazendo com que o Londrina adotasse um papel mais defensivo e buscasse ataques através de contra-ataques. Apesar da dominância na etapa, o Dragão pouco apresentou perigo ao gol defendido por Neneca, só sendo capaz de registrar uma finalização no gol em uma cabeçada de Airton, que carimbou o travessão adversário. Além deste susto, o Rubro Negro se restringiu a rodear a área dos mandantes, enquanto o clube paranaense ainda respondeu através dos pés de Rafael Vaz em uma cobrança de falta – que foi prontamente defendida por Ronaldo – e Iago Dias. Com ambas as equipes pecando na pontaria, os times voltaram aos seus respectivos vestiários com o placar inalterado.

SEGUNDO TEMPO

Mantendo a postura apresentada na primeira etapa, o Atlético-GO logo partiu para seu campo de ataque no início da segunda etapa, registrando sua primeira finalização aos três minutos, através dos pés de Shaylon. Se mostrando indisposto a permitir que o Dragão novamente dominasse as ações ofensivas iniciais da etapa, o Londrina logo tratou de responder com Everton, que direcionou uma cabeçada nas mãos de Ronaldo.

Após as investidas iniciais, os comandados de Jair Ventura enfim foram recompensados pelo volume de jogo apresentado na noite paranaense, quando, aos 12′, Baralhas se aproveitou de um rebote no chute de Tubarão e fuzilou a meta de Neneca, assim inaugurando o placar da partida. O tento aparentou acordar os donos da casa, que realizaram algumas substituições e, em seguida, igualaram o ímpeto dos visitantes no duelo, registrando sua segunda finalização aos 28′; sendo capaz de entrar na área rubro negra, Rafael Vaz arriscou um chute cruzado, mas que foi incapaz de ser completado por ninguém de sua equipe.

Já aos 34′, Ronaldo novamente se viu acionado através de uma cobrança de falta de João Paulo, mantendo a vantagem para o lado do Atlético-GO. Um minuto depois, o Londrina manteve sua “blitz” com Iago Dias, que desviou uma cobrança de escanteio e tirou tinta da trave do Dragão. A sequência de sustos levou o Rubro Negro a realizar alterações defensivas na equipe, assim adotando uma postura conservadora que impediu os donos da casa a igualarem o placar; ao contrário do esperado, as substituições provocaram um crescimento ofensivo no clube goiano, que ainda ameaçou de anotar o segundo gol com Matheus Peixoto, lance que precedeu o tento de Luiz Fernando – que recebeu um passe de Dodô e, com a perna esquerda, balançou as redes adversárias – que deu números finais ao duelo.