Após cirurgia, volante deve ser a novidade no Atlético-GO diante do União-MT

foto: Bruno Corsino ACG

O técnico Umberto Louzer vem trabalhando de forma intensa no CT do Dragão para preparar o Atlético-GO para a estreia nesta edição da Copa do Brasil, diante do União Rondonópolis.

Para a partida, Louzer poderá contar com um importante reforço que ainda não atuou nesta temporada devido a lesão e recuperação de cirurgia.

Atlético-GO
(Foto: Bruno Corsino/ACG)

O meio-campista ainda não jogou nesta temporada, primeiro porque teve uma lesão muscular na semana que antecedeu a estreia da equipe no Campeonato Goiano e depois por ter passado por uma cirurgia para corrigir desvio de septo nasal. Há cerca de uma semana, ele iniciou a fase de transição e agora já treina com bola com os demais companheiros.

Testando a equipe para a partida, Louzer escalou primeiro no meio campo Edson, Marlon Freitas e Jorginho. Depois, ao decorrer da atividade o treinador colocou Baralhas na vaga de Edson.

O time que treinou nesta segunda-feira (28) teve: Luan Polli; Dudu, Wanderson, Ramon Menezes, Arthur Henrique; Edson (Gabriel Baralhas), Jorginho; Wellington Rato, Léo Pereira, Dellatorre.

Saiba como está o União Rondonópolis, adversário do Atlético-GO na Copa do Brasil

Em semana de estreia na Copa do Brasil, o Atlético-GO já trabalha pensando na partida desta quinta-feira. O adversário será o União Rondonópolis.

Vale lembrar que a equipe já é conhecida pelo Atlético-GO, já que ambos se enfrentaram pelo torneio em 2020, quando o Dragão passou pela equipe do Mato Grosso do Sul.

Fundado em 1973, o União tem apenas um título estadual, conquistado em 2010, e já disputou a Série B do Campeonato Brasileiro, a última vez em 1989. Esta será a oitava participação do clube na Copa do Brasil, competição pela qual nunca superou a fase inicial e tem somente uma vitória, sobre o Inter de Porto Alegre, em 2009. Porém acabou sendo eliminado no jogo de volta.

Nesta temporada, em nove jogos a equipe soma 4 vitórias e 5 derrotas. Após início complicado no estadual perdendo três seguidas, a equipe melhorou e vem em boa fase no torneio.

Entre os destaques do elenco colorado, o veterano goleiro Neneca, de 41 anos, que está no clube desde 2019. O zagueiro Wellington, 33, já defendeu o Atlético em 2010. Outro jogador ligado ao clube rubro-negro é o jovem atacante Yan, 19, emprestado pelo Atlético-GO. O meia-atacante Alex Maranhão é o principal jogador da equipe.

Provável escalação: Neneca; Gabriel Junior, Wellington, Barão e Mendonça; Ruan Bahia e Peixinho; Michel, Alex Maranhão e Pikachu; Yan. Treinador: Odil Soares.