Vitória x Atlético-GO: Veja os gols e melhores momentos da partida

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Atlético-GO e Vitória se enfrentaram no último domingo (14), às 18h, no Barradão, em partida válida pela sexta rodada da Série B de 2023. Apresentando uma atuação produtiva no ataque, o Dragão foi capaz de despachar o líder da competição pelo placar de 3×2, com gols de Luiz Fernando, Bruno Tubarão, Osvaldo, Kelvin e Tréllez. Com a vitória, o Rubro Negro subiu para a segunda colocação do campeonato, ostentando 14 pontos.

Atlético-GO acaba com sequência invicta do Vitória e se estabelece na vice-liderança da Série B

MELHORES MOMENTOS

PRIMEIRO TEMPO

Não se deixando intimidar pela atmosfera de pressão criada pelo apoio massivo da torcida dos donos da casa, o Atlético-GO surpreendeu e assumiu as rédeas da partida nos minutos iniciais, logo fazendo Lucas Arcanjo trabalhar através de um chute de Renato. Em resposta à investida do Dragão, o Leão tentou acionar por diversas vezes Osvaldo, porém com o atleta não sendo capaz de trazer perigo ao gol defendido por Ronaldo. Do outro lado, o clube goiano foi capaz de melhorar sua pontaria e, aos 25′, abrir o placar; se aproveitando de um cruzamento dentro da área, Luiz Fernando acertou um chute de primeira e enfim furou o paredão que vinha sendo a defesa do Vitória, colocando os visitantes em vantagem. Esse saldo positivo logo foi dobrado, uma vez que, dois minutos depois, foi a vez de Bruno Tubarão completar um cruzamento rasteiro e, assim, estabelecer uma vantagem ainda maior para a equipe de Alberto Valentim. Atordoados por conta dos tentos, os donos da casa só ameaçaram o gol visitante em uma cabeçada de Wagner Leonardo, mas o lance foi assinalado como impedimento e, assim, ambas as equipes foram para os vestiários com o 2×0 no placar.

SEGUNDO TEMPO

Se recuperando do baque dos gols sofridos e da postura extremamente ofensiva que o Atlético-GO demonstrou na primeira etapa, o Vitória voltou ao segundo tempo com um ímpeto ofensivo renovado, evidenciado por um chute de Rodrigo Andrade que desviou em Rodrigo Soares e, por pouco, não descontou a fatura para os donos da casa aos oito minutos. A resposta do Dragão veio dez minutos depois, quando Luiz Fernando novamente se viu como o receptor de um cruzamento na área e, ao virar a bater, exigiu uma boa defesa de Lucas Arcanjo.

Um minuto após o susto inicial dos visitantes, porém, o Leão da Barra foi recompensado por sua postura mais ofensiva na segunda etapa; aos 19′, Osvaldo recebeu uma ligação direta do arqueiro rubro negro, deixou Ramon no chão e bateu cruzado, sem oferecer chances de defesa para Ronaldo. O tento inflamou a equipe da casa, que logo depois ameaçou mais duas vezes o gol goiano, uma vez com a defesa precisando tirar um chute de Diego Torres, e outra com um chute de longe de Zeca que, por pouco, não entrou na meta.

No melhor estilo “toma lá, dá cá”, o Atlético-GO respondeu as duas finalizações do Vitória com duas chances de perigo. Aos 28′, Luiz Fernando foi capaz de cortar o goleiro, porém ficou sem ângulo e, na sequência, David Braga não completou o chute para o gol; já aos 29′, novamente Luiz superou Lucas Arcanjo, mas viu a bola correr demais e sair pela linha de fundo. Os esforços do Rubro Negro goiano foram recompensadas aos 32′, quando Kelvin construiu uma boa jogada a partir da ponta esquerda e, ao bater, superou o arqueiro adversário, assim cravando o terceiro tento visitante na noite baiana.

O gol, porém, ainda não representou o final dos esforços do time da casa em empatar a partida, já que aos 43′ Emerson Santos precisou bloquear um chute de Rafinha que tinha endereço certo; um minuto depois, Tréllez se aproveitou de uma sobra de bola na área para disparar uma bomba e superar o goleiro Ronaldo, inflamando os minutos finais da partida.